quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Carta as esposas

Cartas Para Esposas Feridas



Condenação e Adoração



"Na verdade, na verdade vos digo que, se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas, se morrer, dá muito fruto." (João 12.24)



Sei bem como se sente, questionando sua caminhada com Deus por causa do jeito de tratar seu marido de vez em quando. O Senhor compreende a sua luta. Não seja dura demais consigo mesma.

Cada um de nós nasce com uma natureza pecadora. Entretanto, quando ferimos ou ofendemos os outros, podemos demonstrar-lhes arrependimento, e também a Deus. Em seguida, fazemos o possível para não repetir o erro. É o que o Senhor espera de nós. Em troca, nossos pecados não são apenas perdoados, mas, sim, colocados em um mar de esquecimento.

Você perguntou:

"Como posso adorar o Senhor quando, por dentro, sinto-me tão mal?"

Isso demonstra que você não tem uma compreensão plena do seu relacionamento com Deus. Nós, cristãos, somos constantemente presos ao conceito errôneo de que temos de ser, em primeiro lugar, completamente obedientes antes de ousar entrar na presença do Pai. Existe um grau de verdade nisso. Nunca devemos chegar à sala do trono do Todo-Poderoso de maneira presunçosa ou irreverente.

Por favor, tenha em mente que nosso Pai celestial sabe que somos humanos e, inúmeras vezes, não percebemos o alvo. Não obstante, Ele nos ama e deseja ter uma comunhão constante conosco. Quando O adoramos de coração, nós nos unimos a Ele espiritualmente, situação bem parecida com o que ocorre quando os cônjuges fazem amor um com o outro.


Infelizmente, muitas pessoas "põem os carros antes dos bois", por assim dizer. Elas consideram que se devem tornar santas antes de ser íntimas com Deus. Não é assim! Quando chegamos humildemente diante dO Senhor, pela graça dEle, temos autorização para entrar em Sua santidade, a qual nos faz desejar agir corretamente.

Entretanto, o maligno tenta convencer-nos de que, primeiro, devemos punir-nos antes que o Pai sequer ouça as nossas orações. Quando acreditamos nessa mentira deslavada, somos nossos próprios juízes. O relacionamento com o Senhor torna-se completamente fundamentado em nosso desem penho, isto é, naquilo que realizamos ou deixamos de realizar. Então, estamos no centro, em vez de Jesus; este é precisamente o alvo do diabo. Mas a verdade nessa questão é que, quando confessamos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça (I Jo 1.9).

Ensinamos aos homens do programa de residência para irem às reuniões prontos para adorar a Deus, mesmo se agiram como o próprio diabo 15 minutos antes do encontro! O melhor jeito de se libertar de um espírito demoníaco é se arrepender e entrar no Espírito do Senhor. O arrependimento não envolve apenas o nosso afastamento do pecado, mas também significa que nos voltamos para o Altíssimo.

Você luta contra a amargura que sente quando seu marido é infiel. Ressalto, no entanto, que o melhor remédio para a água amarga do poço é jogá-la fora e substituí-la pela Água da Vida!

Algumas das minhas experiências mais libertadoras ocorreram quando eu descobria um lugar tranqüilo para me desligar de todas as distrações do mundo, ajoelhava-me e começava a contar para Jesus o quanto eu O amava.

Embora a maioria das minhas duas horas com o Senhor, de manhã, seja gasta em oração e estudo bíblico, também tento passar um tempo simples mente adorando o Senhor. Gosto particularmente da música de Hillsong e Vineyard, porque esses grupos parecem ter uma unção real de nos levar à sincera adoração ao Soberano.


Há ocasiões em que eu me torno tão dominada pela bondade de Deus, que acabo com meu rosto enterrado no tapete, chorando. Em outras ocasiões, fico tão entusiasmada por Sua presença, que começo a dançar! Gosto de adorar o Senhor Jesus e contar-Lhe como eu O amo e aprecio tudo o quanto Ele tem feito por mim.

Várias esposas comentaram que elas expressariam tal gratidão somente se seus casamentos fossem restaurados. Mas, deixe-me dizer-lhe que isso, simplesmente, não é verdade. Se você não aprender a adorar o Altíssimo e agradecer-Lhe em meio às provações, certamente, nunca fará isso com sinceridade quando estas terminarem. Quanto mais você louva o Senhor, mais deseja adorá-lO, sejam quais forem as circunstâncias. Quando sentir que não há alguém com quem possa contar, encontre abrigo e tenha plenitude de alegria na presença do Todo-Poderoso.

Por favor, lembre-se de que o Pai almeja estar com você, apesar dos seus fracassos. Simplesmente, arrependa-se e entre na presença de Deus!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário